Coloque Projetos na sua Agenda – Aumente sua Empregabilidade e a Competitividade da sua Empresa


17 nov de 2015 , , ,

Se você é empregado, mais importante do que ter um emprego é ter empregabilidade. Caso você seja um empresário-empreendedor, mais relevante do que ter empresa e recursos é ter um negócio competitivo.

Mas, como manter ou aumentar a empregabilidade? É simples. Coloque na sua agenda 2 novos projetos por ano. Projetos de caráter profissional como ser fluente num 2º ou 3º idioma, fazer MBA ou mesmo trabalhar num segmento diferente do que atua hoje. Projetos de caráter pessoal como correr a São Silvestre ou saltar de paraquedas. Projetos de características sociais como auxiliar na gestão de entidades filantrópicas.

Nos negócios atuais o trabalho é definido por projetos. São os projetos que produzem melhoria, provocam evolução, promovem a organização para um outro patamar. Aprenda a mover-se de projeto em projeto. Incorpore, pelo menos, um grande projeto por ano ao vosso currículo. Projetos diferentes, daqueles que agregam valor, que são importantes e que deixam um legado, concretizando vossos sonhos, na vertente profissional, financeira, familiar e social.

E como conservar ou majorar a competitividade de sua empresa ou negócio? Do mesmo modo. Insira novos projetos no plano estratégico do empreendimento, que sejam de completa inovação ou de constante evolução, nas múltiplas facetas da Tecnologia existente – Tecnologia de Produto, Tecnologia de Processo, Tecnologia de Materiais, Tecnologia de Informação e Tecnologia de Gestão.

Projetos são comuns no dia-a-dia das empresas. São exemplos tradicionais de projetos:

  • A construção de uma nova fábrica, linha de produção, aquisição e instalação de uma nova máquina operatriz ou mesmo o retrofitting de um equipamento já existente;
  • Lançamento, produção, distribuição e comercialização de um novo produto;
  • Implantação de um novo software;
  • Implantação de normas ISO;
  • Introdução de programas de gestão – Qualidade Total, 6 Sigma, Kanban, Manufatura Enxuta;

Entre outros.

Para empresas que atuam no ambiente sob encomenda, notadamente as empresas ETO – Engineer-to-Order, a terminologia de projeto é mais conhecida. Cada pedido do cliente é um projeto e deve ser gerido como tal. A correta e completa utilização dos conceitos, técnicas e ferramentas de Gestão de Projetos auxiliará a empresa a colher bons resultados no atendimento de encomenda quanto a qualidade do produto, pontualidade na entrega, margem de contribuição e mesmo positividade do fluxo de caixa.

Apesar disso, o índice de fracasso na execução de projetos é elevado. Estouros no orçamento são frequentes. Atrasos na conclusão também apresentam alta incidência. Entregas diferentes da supostamente entendida e contratada pelo cliente por falta de clareza na definição dos requisitos e escopo de fornecimento contribuem para aumento do percentual de insucesso.

Ocorre que os projetos são gerenciados de forma empírica. Carecem de fundamentação teórica, metodologia e boas práticas para uma gerência de projetos com profissionalismo, técnica e conhecimento.

Mas existe uma forte disposição, em empresas privadas e publicas que os projetos sejam geridos por profissionais especializados e com certificação PMP (Project Management Professional). Hoje, ter esta certificação, é um diferencial, um critério ganhador de pedido. Num futuro próximo será um pré-requisito.

O PMP é uma certificação que comprova profundo conhecimento do PMBOK Guide (Project Management Body of Knowledge). Este manual da metodologia de gerenciamento de projetos, referência mundial para diversas áreas, apresenta todas as regras difundidas pelo PMI (Project Management Institute), as quais são baseadas na aplicação de cinco processos – inicialização, planejamento, execução, controle e entrega – e de nove áreas de conhecimento – integração, escopo, custo, qualidade, recursos humanos, comunicação, gerenciamento de risco e logística e suprimento.

Existe uma grande carência desse tipo de profissional no mercado. Essa qualificação não é efêmera. Como a busca por competitividade e empregabilidade é constante, as empresas são e continuarão a ser verdadeiros canteiros de obra, com projetos sendo introduzidos de forma frequente. Gerenciar projeto continuará a ser uma habilidade muito valorizada.

Portanto, coloque projetos na sua agenda!

Compartilhe: