Desafios e benefícios da implantação de um Programa Mestre de Produção: um relato a partir do estudo de caso de duas empresas industriais


14 dez de 2017 , , ,

Resumo:

O objetivo deste trabalho é apresentar um relato de desafios e benefícios da implantação de um Programa Mestre de Produção (MPS – Master Production Scheduling) em empresas industriais. O MPS é uma saída fundamental do processo de Planejamento e Controle da Produção (PCP) e tem o propósito de orientar a execução das decisões de PCP sobre o que, quanto e quando produzir no chão de fábrica, promovendo também a conciliação entre demanda e capacidade. A fim de atingir o objetivo proposto, realizou-se uma pesquisa bibliográfica sobre os temas de interesse e o estudo de caso da implantação do MPS em duas empresas industriais do interior do estado de São Paulo. Como principais resultados observou-se a necessidade de obtenção e melhoria de dados do Sistema Integrado de Gestão das empresas estudadas, a necessidade de sistematização de procedimentos nos setores que dão suporte ao PCP para a elaboração do MPS, assim como a superação de resistências a mudança por parte de setores e pessoas que auxiliam a consecução do MPS.

Palavras Chave: Programa Mestre de Produção; PCP; Empresa Industriais

 

Este artigo foi publicado nos Anais do SIMPEP (2016) – faça o Download Aqui! E está contido na Coletânea Nacional sobre Engenharia de Produção 3: Gestão da Produção da Editora Atena, 2017. Acesse clicando aqui.