Entressafra e a gestão da manutenção


23 jul de 2015

Entre os meses de dezembro a abril, as usinas sucroalcooleiras brasileiras passam por uma alteração na rotina de trabalho. Este período é conhecido no setor como entressafra, onde a moagem e a produção industrial param e dão espaço a uma rigorosa manutenção das máquinas e equipamentos agrícolas.

Quase que literalmente a indústria é colocada abaixo, para que todo maquinário possa ser verificado, conforme a necessidade e também com base nas informações dos indicadores da safra, já analisadas e programadas. As usinas aproveitam essa oportunidade para substituir componentes danificados ou com elevado índice de desgaste, como rolamentos, borrachas, discos de cortes e mangueiras, entre outros.

Para a realização do planejamento, programação, execução e controle das atividades de manutenção deste período da entressafra existe a necessidade de otimização e gerenciamento destas atividades, as quais devem ser preparadas pela equipe do PCM (Planejamento e Controle da Manutenção), setor este que coleta e analisa todas as informações geradas durante o período da safra, através do software de Gestão Integrada da Empresa, no módulo de Manutenção Industrial.

O critério de gestão destas atividades, devem ser preparadas com antecedência de pelo menos 3 meses, para que todo o processo de verificação, análise, aquisição e principalmente negociação com fornecedores de serviços e componentes possa ser realizado com o tempo necessário, visando sempre o menor custo possível dentro dos padrões de qualidade exigidos pela empresa e também dentro do prazo adequado, para que toda a programação seja executada com sucesso.