Saneamento do Cadastro de Itens


18 ago de 2015

O correto Cadastro de Itens e Materiais é fundamental para garantir unicidade do item no ERP da companhia, sendo utilizado por quase todos os processos funcionais da organização. A precisão na identificação dos materiais e produtos é base para uma adequada classificação fiscal (NCM) e trazer agilidade nos processos de compras, armazenagem e atendimento.

É comum encontrar itens com cadastros deduplicados no sistema, com descrição curta e longa sem qualquer padrão (abreviatura, tamanho, atributos, características obrigatórias, sequência, etc).

As principais atividades são:

  1. Fase 1:
    1. Levantamento do universo de itens cadastrados;
    2. Separação desses itens em família, grupo e subgrupo;
    3. Elaboração do Padrão Descritivo de Itens (PDI) para cada subgrupo, normalizar seu conteúdo, com regras de redação, tamanho máximo das descrições (texto logo e texto curto), abreviações, separadores, caracteres vetados, incluindo características técnicas obrigatórias e opcionais
  2. Fase 2
    1. Revisão de cada material em relação a seu código interno, sua descrição (PDM), e respectivo código NCM;
    2. Revisão/estruturação do padrão descritivo (texto curto e texto longo);
    3. Revisão das unidades de medida dos itens;
    4. Identificar e eliminar itens em duplicidade: mais de um código para a mesma descrição e/ou mais de uma descrição para o mesmo código;
    5. Identificar itens similares, e unificá-los sob um código NCM;
    6. Revisar a Classificação Fiscal para os códigos NCM existentes;
    7. Pesquisar informações técnicas faltantes em documento de fabricantes.
  3. Fase 3
    1. Proceder estatística por família, grupo e subgrupo das ações efetivadas